Você quer modernizar suas aulas e não sabe como fazer isso? Utilizar as redes sociais na educação pode ser uma ótima forma de incluir a tecnologia na sala de aula e deixar a sua metodologia mais dinâmica.

Com a facilidade de acesso à internet, ficou muito mais simples obtermos informações, enviarmos mensagens e sabermos o que está acontecendo no mundo. Por consequência, a escola deixou de ser o único ambiente voltado para a aprendizagem. Dessa forma, diversos professores buscam integrar a tecnologia na sala de aula, utilizando os recursos das redes sociais.

As redes sociais na escola podem contribuir para uso consciente dessa ferramenta, além de ser uma oportunidade para testar novas maneiras de ensinar. No entanto, para que o professor utilize essa ferramenta de forma coerente, é necessário muito estudo e planejamento. Além disso, uma opção muito prática é realizar um curso online para se capacitar.

Alguns cursos a distância podem ajudar bastante quem deseja investir nesse campo. Educadores e profissionais da educação devem sempre buscar novos saberes, pois somente com muito estudo é possível aperfeiçoar a prática de ensino e conseguir oportunidades de trabalho interessantes. No Educamundo, temos o Curso Online Educação na Nova Era Das Redes Sociais, que aborda o tema de maneira simples e pode contribuir para a sua formação.

Continue com a leitura desse artigo e saiba mais informações sobre as redes sociais na escola!

O que são e como funcionam as redes sociais na educação

As redes sociais são formadas por um agrupamento de pessoas que compartilham informações, conhecimento e dados, utilizando imagens, vídeos, textos e arquivos. Inicialmente, o objetivo das redes sociais era facilitar o relacionamento entre as pessoas. Porém, com o passar do tempo, elas adquiriram diversas funções na sociedade.

Existem muitos tipos de redes sociais, as mais populares são as de relacionamento, como Instagram, Twitter ou Facebook. Além dessas, surgiram algumas redes específicas para unir pessoas com interesses em comum, como grupo de cristãos, de adoção de animais, entre outros.

A ideia inicial dessas redes era proporcionar a comunicação e a conexão entre os usuários, mas há infinitas possibilidades de utilização, como divulgação de notícias, debates sobre diversos assuntos e exposição de ideias.

Aqui no Brasil, o Orkut foi a primeira rede social de grande impacto. Nela, era possível adicionar amigos, participar de comunidades e deixar recados no “scrapbook” para os conhecidos. Com o tempo, as pessoas migraram para o Facebook, que trouxe características mais modernas em sua estrutura.

O Facebook surgiu em 2004 e foi elaborado por alunos da Universidade de Harvard. O primeiro objetivo da rede era adicionar perfis dos alunos para que eles se conectassem, no entanto, o sucesso foi muito grande e a rede passou a aceitar qualquer usuário que tivesse mais de 18 anos.

Como o uso da rede é muito popular, diversos professores buscam o Facebook, por exemplo, para facilitar a comunicação entre os alunos, criando grupos direcionados para a turma. Utilizar as redes sociais na educação é uma forma de estimular os alunos a utilizarem o tempo que passam na internet de forma educativa. O grande desafio dos docentes é usar as redes de forma proveitosa, visando facilitar o processo de ensino aprendizagem dos educandos. O professor que deseja trabalhar dessa forma precisa sempre estudar para ficar por dentro de todas as novidades, por isso uma boa ideia é fazer o nosso Curso Online Educação na Nova Era das Redes Sociais, que vai ajudá-lo a utilizar as redes nos seus projetos.

Cursos relacionados que podem te interessar:

As redes sociais na educação

Muitos pesquisadores discutem sobre a utilização das redes sociais novas no ambiente escolar. A dificuldade que envolve o assunto está na seguinte questão: de que forma é possível incluir o uso das redes de forma consciente para que traga algum benefício para o processo de ensino aprendizagem?

Diante disso, muitos docentes acabam desistindo de incluir novas abordagens, preferindo métodos tradicionais de ensino e limitando a prática. Porém essa atitude é muito discutida, pois sabemos que as novas tecnologias podem expandir os espaços educativos e ser uma maneira de utilizar as redes para compartilhar o conhecimento. Se você pensa em utilizá-las, um curso online pode te mostrar o caminho para inclui-las na sua metodologia de ensino. Os cursos a distância do Educamundo não têm mensalidades, você se inscreve no portal por apenas R$69,90 e pode acessar os cursos que desejar durante um ano. 

Para Romanó (2003), as redes sociais na educação proporcionam ambientes colaborativos que desenvolvem habilidades sociais, de comunicação e de convívio, e que auxiliam no conhecimento de diferentes assuntos. Isso reforça a aproximação entre o grupo, o aumento da autoestima e o pensamento de que cada aluno é capaz de ensinar seus colegas.

O ambiente escolar deve ser estimulador para a troca de conhecimento de seus educandos e quanto mais todos partilharem informações, mais este será um local propício para aprender. Não é possível excluir a realidade do aluno do ambiente escolar e a tecnologia faz parte desse contexto intensamente. Preskny (2001) mostra que ignorar o fato de que os jovens são nativos digitais é um grande erro, porque o docente deixa de compreender a linguagem e o universo desses alunos, distanciando-se deles.

Muitas escolas procuram incluir a tecnologia em sala de aula, com lousas digitais e salas de informática. Porém, há lugares que têm poucos recursos e por falta de investimentos, ocorre uma maior dificuldade para inserir os educandos que não possuem acesso ao ambiente digital.

Outro aspecto importante é a preparação desse professor que vai utilizar os recursos digitais em sala, pois é interessante que ele esteja pronto para resolver possíveis conflitos e dúvidas que surjam no ambiente virtual. Portanto, vários cursos podem ajudar o docente nesse processo, como os cursos online. No Educamundo, existem diversas opções de cursos online com certificado com carga horária de acordo com a sua necessidade. Conheça também o nosso Guia Definitivo para otimizar os seus estudos e aprenda a se organizar melhor.

redes sociais na educação

A importância das redes sociais

Nós nos relacionamos o tempo todo, desde a infância, a interação com o outro é algo que faz parte da vida de todos. Nas redes sociais novas, o contato é feito de maneira linear, não há uma hierarquia na comunicação. Essa nova maneira de nos relacionarmos revolucionou a nossa sociedade e tornou-se muito importante no cotidiano, isso ocorreu porque a velocidade no envio de mensagens deixou a comunicação mais rápida e dinâmica. Desse modo, um recado enviado pela internet é transmitido para o destinatário em instantes, facilitando o contato com qualquer pessoa..

As redes sociais novas facilitaram a forma como nos falamos, possibilitando o diálogo independente do tempo e local. Esse contato com o outro é um fator primordial para a estrutura da rede e para que ela continue ativa, seus usuários precisam ter motivação, convívio virtual com outras pessoas, tempo e conhecimento sobre a utilização da ferramenta. Se esses elementos não estiverem presentes, a rede social pode acabar perdendo sentido, sendo utilizada apenas como passatempo, sem um objetivo definido. Em fóruns de discussão, por exemplo, a troca de mensagens só faz sentido quando há debates frequentes entre as pessoas.

A conexão entre diversas pessoas traz o sentimento de pertencimento e ao mesmo tempo pode provocar a solidão, por isso é preciso utilizar as redes como uma forma de interagir e ajudar o nosso dia a dia, da mesma forma, não podemos deixar de lado o convívio real. Muitas pessoas acabam não participando de momentos importantes com familiares ou amigos e isso pode ser muito prejudicial para a vida social do indivíduo. Até no ambiente escolar conseguimos perceber casos de alunos que ficam distraídos no celular e esquecem que estão perdendo a chance de aprender algo novo.

Na sala de aula, a utilização do celular para acessar as redes sociais é muito comum entre os alunos. Nesses casos, os educadores ficam sempre em dúvida se devem permitir o uso ou não. Algumas escolas criam "combinados" em acordo com os pais para determinar o momento em que é viável atilizar os aparelhos. Mas, mesmo assim, sempre há algum questionamento em relação a essa prática.

Sabemos que o celular pode ser uma ferramenta interessante de aprendizado, afinal com ele podemos utilizar a internet e criar um canal de diálogo com os alunos, rompendo as barreiras físicas. Ao contrário de anos atrás quando alunos e professores precisavam estar juntos no mesmo local, a tecnologia trouxe comodidade para que todos pudessem conversar em horários e ambientes distintos, facilitando a troca de informações.

Conhecer sobre esse universo pode ser um desafio para o professor, por isso recomendamos o estudo constante através de um curso online. Você pode realizar cursos a distância no local e no tempo que desejar, conciliando o seu aprendizado com outras atividades. 

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Redes sociais: vantagens e desvantagens

As redes sociais têm como principal função facilitar o relacionamento entre as pessoas. De maneira simples e rápida, os usuários conseguem se comunicar e interagir. Nas redes, é possível encontrar pessoas com interesses parecidos e conhecer novos amigos.

Em questão de instantes, conseguimos transmitir informações, notícias e chamar usuários para compartilharem postagens. É comum vermos casos de familiares que procuram um ente querido desaparecido e com a repercussão intensa na rede, as pessoas conseguem ajudar a resolver o problema.

Com a situação política atual, as redes são muito utilizadas para disseminar ideias e discutir questões, o que é muito positivo, pois estamos refletindo sobre o momento atual. Entre outros benefícios, também é possível participar de grupos com objetivos e ideias em comum. Pensando nisso, separamos algumas vantagens que as redes sociais podem trazer aos seus usuários:

  • Conversar de forma instantânea com alguém;
  • Buscar um novo emprego;
  • Fazer um bom networking, ou seja, se conectar com pessoas, visando objetivos profissionais;
  • Entrar em contato com pessoas distantes;
  • Ter acesso a milhares de informações disponíveis online;
  • Conhecer novos amigos;
  • Reencontrar um amigo ou familiar;
  • Mostrar algum trabalho e até mesmo vender produtos.

Por outro lado, as redes sociais também possuem desvantagens. Veja algumas abaixo:

  • Divulgar dados pessoais, como fotos e informações pessoais. Criminosos podem usar esses dados, por isso é bom sempre ficar atento ao que é colocado na internet;
  • Não conseguir manter a privacidade, devido ao compartilhamento de fotos, status e informações sobre a rotina;
  • Dedicar muito tempo às redes sociais e acabar deixando de fazer algo importante;
  • Conversar com estranhos e acabar correndo algum risco;
  • Acreditar em informações enganosas.

Especialistas afirmam que é importante também controlar o tempo que passamos nas redes sociais para não nos afastarmos do convívio real entre amigos e familiares. É preciso ter equilíbrio e usar a ferramenta com consciência, pois já existem estudos que tratam sobre o vício nas redes.

Para compreender sobre todos esses aspectos, faça cursos online e fique atualizado sobre esse tema. No Educamundo, você pode realizar diversos cursos online com certificado com um ambiente virtual de aprendizagem acessível em tablets, smartphones e computadores. 

De que forma é possível utilizar as redes sociais na educação

Muitos educadores que pensam em utilizar as redes sociais na escola como ferramenta de aprendizagem ficam em dúvida em relação à postura que se deve ter no ambiente virtual. Alguns optam por criar perfis profissionais, na tentativa de limitar esse contato. Para a pesquisadora Betina Voon Sta, o professor pode usar o seu perfil pessoal, no entanto, ele deve ter cuidado apenas na forma como se expressa online, já que a rede pode proporcionar grande exposição. Utilizar um perfil pessoal no contato online cria uma aproximação com os alunos, mas é preciso continuar dando o exemplo, além de evitar erros gramaticais ou postar fotos comprometedoras. Alguns cursos online podem fornecer todas as dicas práticas de como usar as redes na escola. O Educamundo possui cursos online com certificado elaborados por uma equipe pedagógica eficiente que seleciona os melhores materiais para o seu curso.

Vamos ver algumas formas de utilizar as redes sociais na escola?

Crie grupos de estudo

Para começar o seu projeto redes sociais na escola, é possível utilizar o Facebook. Nele, você pode criar grupos de estudo com o objetivo de discutir assuntos ou solucionar eventuais dúvidas que possam surgir. O professor pode dividir os alunos por sala e identificar temas que os alunos possuem interesse em estudar ou até mesmo criar debates sobre o conteúdo. É interessante que o docente atue sempre como mediador e oriente seus alunos de forma contínua. Os alunos podem incluir links que acham pertinentes e mostrar seu ponto de vista, dessa forma, todos serão ativos no processo de construção do conhecimento.

Compartilhe conteúdos

Os alunos passam boa parte do tempo nas redes sociais, então, o professor pode compartilhar diferentes conteúdos com a turma, como vídeos, textos e músicas que ajudarão no aprendizado em sala. Essa é uma forma rápida e prática de conseguir disponibilizar conteúdos interessantes. Outro fator importante é que esses materiais não podem estar acessíveis somente no Facebook, por exemplo, é necessário colocá-los em outros ambientes, como um blog do professor. Assim, quem não tiver conta na rede poderá acessar os recursos de outra forma.

Incentive o debate

Nas redes sociais, os alunos podem expressar suas opiniões sem se sentirem incomodados pelos olhares, como acontece em sala de aula. Estimule os debates sobre o conteúdo ou temas tratados em aula. Desse jeito, até aquele aluno tímido vai conseguir dizer o que pensa e participar da discussão.

Mantenha-os informados sobre as atividades

Sabe aquela visita ao museu que você vai fazer com seus alunos? Você pode marcar na área de eventos do Facebook para lembrá-los. Coloque datas de prova, dias que trabalhos deverão ser entregues, lembrando que esse não pode ser o único canal de comunicação. Espalhe esses avisos no site da escola, em murais, entre outros, para que todos tenham ciência.

Organize um chat de dúvidas

Organizar um chat para solucionar algumas questões de seus alunos pode ser útil para o seu projeto redes sociais na escola, especialmente se nem todos puderem se deslocar para o ambiente escolar. Combine um horário com eles e utilize um chat específico, como Skype ou Facebook para esclarecer as perguntas. Assim, terminando o chat, todos podem dar continuidade aos estudos.

Vale lembrar que você pode colocar as regras nas descrições dos grupos, porém conforme forem surgindo as interações, os próprios alunos darão algumas sugestões de normas para serem incluídas.

Para incluir a tecnologia de maneira proveitosa em sala de aula, é muito importante que o professor busque estudar sempre. O nosso Curso Online Educação na Nova Era das Redes Sociais é uma maneira simples de o educador se atualizar e ficar por dentro de tudo sobre as redes sociais na escola.

Gostou das dicas que mostramos sobre projeto redes sociais na escola? Se você achou interessante, conheça também o guia do aluno de curso online.

Aproveite a oportundiade e inscreva-se no nosso portal por apenas R$69,90 e tenha acesso a mais de 1.200 cursos no Pacote Master durante um ano. Todo o material é produzido por um departamento pedagógico exclusivo.

Deixe o seu comentário sobre esse artigo e compartilhe-o nas redes sociais!