Categorias dos artigos

Receba nossas próximas dicas de cursos e artigos do seu interesse em seu email.

Administração em 2022: conheça as novas abordagens

administracao-1

A administração moderna passou por diferentes fases até atingir a maturidade atual.

Antes de Peter Drucker, considerado como o pai da administração, existiram importantes autores e estudiosos como Henry Fayol, conhecido como um dos criadores desta importante área.

Apesar de ser uma função com mais de 100 anos de idade, a administração exige que o administrador se mantenha atualizado e com os estudos em dia.

O setor administrativo está sempre com novas abordagens e conhecer algumas delas podem ajudar na ascensão curricular e salarial. Dessa forma, gera uma vantagem competitiva e possíveis aumentos de salários e cargos.

Conheça a administração clássica

Antes de partirmos para as novas abordagens, é necessário voltar um pouco no tempo e entendermos como a teoria clássica surgiu e quais foram seus impactos que moveram as novas abordagens da administração.

Indo em contra partida com a teoria da Administração científica que existia até então, na França, em 1916, começou a ser desenvolvida a teoria Clássica da Administração.

O contexto da teoria clássica da administração

Seguindo as crenças de seu criador, o engenheiro Henry Fayol, a teoria clássica da administração seguiu de uma visão de gerente / coordenador.

Por este motivo, esse teorema tem como principal foco a estrutura nos processos de uma empresa, focando no que é necessário para essa organização ter eficiência em seu setor.

A visão dessa teoria é ampla e envolve diferentes setores que devem ser administrados, para garantir a eficácia. Distanciando assim de outras teorias que focavam somente na produção em massa.

Segundo Fayol, a eficiência deve partir do todo organizacional e de sua estrutura, que garantirá todas as partes envolvidas, como setores, funcionários e tarefas.

Ainda segundo o fundador da teoria Clássica da Administração, toda empresa deve exercer seis funções básicas:

• Técnicas: Diz respeito a produção da empresa;

• Comerciais: Diz respeito as negociações de compras e vendas;

• Financeiras: Diz respeito a forma como o capital é gerido;

• Segurança: Diz respeito a proteção e preservação dos bens e funcionários;

Contábeis: Diz respeito ao estoque, inventário, registros e custos;

• Administrativas: Diz respeito a integração de todas as outras funções citadas acima.

De acordo com Fayol, as funções administrativas ficam no topo da hierarquia e coordenam todas as outras, estabelecendo o cargo e os deveres do administrador.

Os impactos da teoria clássica da administração na atualidade

Essa teoria é extremamente importante para a administração moderna pois, moldou algumas das funções que o administrador realiza até hoje:

• Prever;

• Organizar;

• Gerenciar;

• Controlar;

• Coordenar.

Entretanto, essas funções não cabem somente a figura do administrador com um alto cargo empresarial. Ela foi diluída entre diferentes postos hierárquicos de uma empresa.

Nunca se falou tanto sobre a autogestão, proatividade e saber resolver problemas, e tudo isso vem, inicialmente, de um ponto de vista administrativo e organizacional.

Quais são as novas abordagens da administração?

A administração moderna está passando por uma nova fase de adaptação ao mundo polarizado e totalmente globalizado e ligado pela internet.

Devido a essas diferentes mudanças sociais e econômicas, algumas abordagens tradicionais estão precisando ser reinventadas e modernizadas.

Para ser ou se tornar um administrador moderno, é importante conhecer algumas tendências e ferramentas da administração atuais. São algumas delas:

1. Terceirização

Uma tendência moderna e movida pela força da internet foi a terceirização.

Não mais, é necessário ter um funcionário específico para realizar as gestões contábeis de uma pequena empresa, por exemplo.

É possível, e logisticamente inteligente, contratar uma empresa terceirizada para realizar o serviço, sem que isso afete o desempenho dos funcionários e a saúde empresarial.

Com uma empresa profissional contratada para realizar determinados serviços, o administrador poderá focar em outros aspectos importantes e otimizará seu tempo.

2. Benchmarking

Método amplamente utilizado na administração, ele busca a melhoria contínua de um processo, produto ou serviço, comparando-o com o líder do mercado.

Geralmente ocorre uma análise completa dos diferenciais competitivos de ambos e o que pode ser melhorado para trazer mais resultados para a empresa.

Também é possível realizar o benchmarking de forma interna, comparando os processos e produtividades de diferentes setores, buscando obter maneiras de otimizar os processos.

3. Engenharia reversa

Também conhecida como reengenharia, esse método consiste em revisar e entender como determinada função ou processo foi desenhado.

Ao fazer isso, o profissional de administração irá analisar quais são os pontos chaves que tornam aquele item importante e como pode ser melhorado.

Todo o processo é redesenhado, com um único foco: a procura por melhorias nos âmbitos financeiros e qualitativos.

Dessa forma pode-se identificar maneiras de utilizar menos recursos e entregar resultados similares, ou até melhores que os anteriores.

Para terminar, é extremamente importante entender que a administração está passando por grandes mudanças organizacionais e estruturais.

Processos e cargos estão sendo atualizados e o administrador tem que ter a sagacidade de acompanhar e implementar novas técnicas nos setores públicos e privados.

Lembrando que muitas provas para concursos públicos aproveitam temas e métodos modernos para cobrarem em suas questões. Por isso estar atento as tendências são tão significantes.

Continue Sua Jornada de Conhecimento: Leituras Recomendadas para Você

Receba nossas próximas dicas de cursos e artigos do seu interesse em seu email.