Home / Blog / Educação / Ensinar no universo digital: 4 dicas para criar aulas revolucionárias
ensinar Educação

Ensinar no universo digital: 4 dicas para criar aulas revolucionárias

  • Por: Equipe Educamundo
  • 02/08/2022

A evolução tecnológica muda a rotina das empresas, das pessoas e das escolas. Por isso, ensinar no universo digital tem sido cada dia mais desafiador aos professores. Tal cenário ficou ainda mais exposto com a chegada da pandemia, que forçou o isolamento social e deu espaço ao ensino a distância.

Uma pesquisa feita pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic) revelou uma fragilidade nesse sentido. Segundo o estudo, 93% das escolas públicas sofreram com falta de tecnologia durante a pandemia.

Ou seja, mais de 94 mil instituições de ensino brasileiras disseram ter dificuldades para levar o ensino remoto aos estudantes. Os dados englobam as escolas estaduais, federais e municipais do país.

Pensando nisso, vamos dar 4 dicas para ensinar no universo digital com aulas revolucionárias. Ao final, você também poderá fazer o download do nosso e-book para se aprofundar ainda mais no tema. Continue a leitura para saber tudo!

Cenário da tecnologia na sala de aula

Um estudo feito pelo movimento Todos Pela Educação, no primeiro semestre de 2017, mostrou a presença da tecnologia nas salas de aula da rede pública. Naquela época, 55% dos professores usavam tecnologia digital regularmente em sala de aula.

Esse número revela que as mudanças já ocorrem há mais tempo nas instituições de ensino. Logo, a transformação digital ocupa todos os ambientes atualmente e não tem como fugir da realidade.

Portanto, a tecnologia educacional exige que os professores inovem em sala. Com essa mudança de postura, é possível engajar ainda mais os estudantes e criar aulas revolucionárias.

4 estratégias para ensinar no universo digital

A tecnologia em sala de aula traz inúmeras vantagens. Entre elas, a personalização do ensino, a universalização do acesso à informação e a criação de aulas mais dinâmicas e atraentes.

Com tantos benefícios, é fundamental incorporar a tecnologia no dia a dia das escolas. A seguir, separamos 4 dicas para criar aulas revolucionárias no universo digital. A proposta é levar ao estudante o melhor de dois mundos, por meio do ensino híbrido. Confira!

1. Aprendizagem baseada em projetos

A aprendizagem baseada em projetos coloca o aluno como protagonista nesse processo. Dessa forma, faz com que ele aprenda em seu próprio ritmo e desenvolva várias habilidades.

Esse tipo de abordagem tem por objetivo apresentar em sala de aula um problema a ser resolvido, conforme o assunto estudado. A ideia é que seja algo desafiador, estimulando reflexões e construções práticas.

Para trazer as soluções, você deve incentivar os alunos a produzirem um vídeo ou a criarem um blog, por exemplo. Dependendo do caso, pode até sugerir a criação de um aplicativo ou produto que necessite do contato com a tecnologia para ser realizado.

2. Laboratório de criação

É um local onde os estudantes têm diversas ferramentas tecnológicas à disposição. Entre elas, podemos citar softwares de edição de vídeo e imagem, impressora 3D e outras.

Esses recursos permitem que o professor sugira trabalhos acadêmicos que envolvam a utilização dos materiais. Outro ponto importante é que parte da aula pode ser dada nesse ambiente, apresentando algum conceito prático da disciplina.

De fato, esse tipo de estratégia funciona apenas em escolas que tenham uma boa infraestrutura. Porém, uma saída é apresentar projetos à instituição para ela poder avaliar a adoção desses recursos.

3. Gamificação

A gamificação na educação é a aplicação de estratégias de jogos em sala de aula. O objetivo é levar ludicidade ao processo de ensino-aprendizagem. Essa metodologia faz com que os alunos enxerguem o conteúdo como algo divertido.

Para aplicá-la, você pode aproveitar jogos que já existem e inseri-los no contexto de determinadas disciplinas. Outra possibilidade é procurar games educativos voltados para o ensino de todas as matérias ou criar jogos personalizados.

4. Sala de aula invertida

A proposta da sala de aula invertida é fazer com que o aluno estude o conteúdo previamente em casa. Isso pode ser feito por meio de sugestões de videoaulas, artigos, filmes ou documentários sobre o tema.

Seu objetivo é aproveitar a era da informação para estimular os estudantes a fazerem as suas próprias pesquisas.

Conheça nosso e-book sobre ensino no universo digital

A tecnologia é um ótimo recurso a ser aplicado em sala de aula. Afinal, são inúmeras as ferramentas oferecidas por ela que podem ajudar no processo de ensino-aprendizagem. Pensando nisso, preparamos um e-book completo sobre o tema.

Nele, tratamos da importância de levar os recursos digitais para as escolas. Afinal, eles ajudam a manter os estudantes engajados nos momentos revolucionários em sala de aula. Porém, nem todos os professores ainda estão preparados para uma mudança de postura.

Portanto, no e-book “O ensino no mundo digital: tudo o que você precisa saber para criar aulas revolucionárias” tratamos de temas como:

  • o uso de recursos digitais em sala de aula;

  • o aprendizado do professor e o ajuste das práticas pedagógicas ao mundo digital;

  • estratégias para trabalhar a educação digital com os alunos;

  • desafios práticos para o uso da tecnologia.

Ensinar no universo digital exige entender como as ferramentas tecnológicas podem ajudar no processo de ensino-aprendizagem. A partir disso, desenvolver estratégias para usar essas aplicações em sala de aula.

Você se interessou pelo assunto? Então, faça o download do nosso e-book para se aprofundar no universo digital!

 

Artigos que podem te interessar:

Artigos em Destaque