Gestão de pessoas é um processo comum e que se renova cada vez mais quando se trata de administração de empresas. Independente do tamanho da corporação, qualquer lugar que conte com colaboradores deve pensar nesse conceito e, claro, coloca-lo em prática da melhor forma.

A questão, porém, é que muita gente ainda não sabe suas definições ou confunde com a gestão de recursos humanos. Parecem coisas semelhantes, mas pode ter certeza que não. Há muita diferença e é justamente sobre isso que trataremos em nosso artigo. Assim, a partir de informações esclarecedoras, todos podem saber qual é o direcionamento de cada processo.

Antes de começar a falar especificamente do tema, a primeira dica e ideia bacana para os interessados é apostar em cursos online do gênero. O Educamundo conta com o Curso Online Gestão de Pessoas e diversos cursos EAD desse ramo tão diverso, cada um com suas peculiaridades acerca de cada campo. Com esse aprendizado, dá para se tornar um ótimo administrador e líder.

Comece lendo o artigo e desmitificando alguns parâmetros. Você vai se surpreender com algumas informações e perceber que a gestão de pessoas vai muito além do que imagina. Vamos lá?

Gestão de pessoas: definição e tudo sobre

O que é gestão de pessoas?

Você sabia que o capital humano, as pessoas propriamente ditas, são os maiores valores de uma empresa? Mesmo com a tecnologia cada vez mais latente e com uma série de cargos sendo eliminados pela "inteligência artificial", nada substitui os humanos que estão por trás de todos esses aparatos. Afinal, nada se programa ou funciona sozinho.

Pensar nas pessoas, embora possa parecer algo simples, é atualmente um dos maiores desafios de muitas empresas, sobretudo aqui no Brasil. Culturalmente, diversos gestores acreditam que apenas a gestão de recursos humanos é capaz (e deve) lidar com os colaboradores, da contratação às gratificações, do desenvolvimento de pessoas à solução de problemas.

É claro que esse setor é direcionado para tratar diretamente com todos os funcionários, mas a gestão de pessoas não é sua exclusividade. Esse campo é conhecido e definido como uma série de estratégias essenciais para administrar, atrair, reter, reconhecer e orientar o capital humano de uma corporação. E isso vale para todos os cargos, dos menores aos maiores.

A motivação é um dos pontos mais fortes quando se trata desse conceito, assim como a qualificação e o espírito de equipe. É óbvio pensar que, quando se tem um chefe carrasco, que não se importa com seus subordinados e não fica por dentro do que acontece na empresa, com certeza todos se sentirão esquecidos e desvalorizados. Assim, surgem velhos problemas: a falta de produtividade, a insatisfação, os conflitos, a monotonia, entre muitos outros.

De acordo com um artigo da Harvard Business Review, "gente é o ativo mais importante nas organizações: é o propulsor que as move e lhes dá vida". Porém, segundo o texto, ainda existem muitas barreiras que inibem e prejudicam a formação e manutenção de equipes de alto desempenho, como:

  • Líderes que não enxergam as pessoas como pontos fortes da organização, tratando como meros números e, com essa postura, influenciam gestores a pensar da mesma maneira, criando um ciclo prejudicial à empresa.
  • A falta de posicionamento estratégico, gestão da informação e o baixo investimento no setor de recursos humanos que, assim como os demais campos, pode se sentir desmotivado a fazer a diferença na corporação.
  • O despreparo e a falta de capacitação de muitos gestores. Há casos em que um líder acredita que já chegou ao topo e que não precisa aprender mais nada e se atualizar, o que leva a ser um mau exemplo para com seus subordinados.
  • A baixa disponibilidade e o não tratamento do tema em cursos superiores de administração e similares. Em muitas universidades, ainda há o pouco acesso a esse conceito, sendo necessário para os alunos procurarem outras fontes de qualificação.

Nesse último ponto, uma modalidade que tem se destacado são os cursos online, pois abordam cada tema de modo direcionado. O Curso Online Gestão de Pessoas, do Educamundo, é um exemplo claro. Não se trata apenas de um curso de RH simples, mas sim de um material essencial para todos os interessados em se aperfeiçoar nessa área tão necessária. Perceba que, pela falta de preparo, muitos locais podem perder bastante e arruinar todo o sistema. Logo, é fundamental aos líderes e demais responsáveis ficarem sempre ligados na capacitação. Felizmente, os cursos EAD são ótimos para esse objetivo.

Cursos relacionados que podem te interessar:

É a mesma coisa que recursos humanos?

Essa é a confusão clássica de muita gente, acreditando que gestão de pessoas é sinônimo de gestão de recursos humanos. Pode parecer muito semelhante, mas não é a mesma coisa. Eles se complementam, mas apresentam alguns parâmetros diferenciados.

O primeiro deles é que a gestão de pessoas é responsabilidade dos gestores, e não da área de RH, que apenas disponibiliza as ferramentas e mecanismos primordiais para a atuação do capital humano dentro de uma empresa, atuando como um setor de apoio e orientação dentro da empresa. Já a gestão de pessoas garante a utilização de todos esses recursos para a valorização dos colaboradores, seja na identificação de talentos, promoções, conversas sérias e administração de conflitos.

Nesse caso, é indicado para toda corporação ter como política essencial e prática a observação e valorização do verdadeiro motor da empresa: gente. "É necessário ter em cada posição, de liderança ou de chão de fábrica, indivíduos com o perfil adequado a cada uma delas; é preciso capacitá-los e motivá-los para exercer suas atividades com empenho e alto desempenho, individualmente ou em equipes. Funções diferentes requerem perfis específicos", revela o artigo da Harvard Business Review.

Sendo assim, é bom que todo gestor atue para saber quais são as necessidades de seus funcionários, como eles podem otimizar todo o trabalho em si, avaliar o desempenho individual ou de uma equipe, além de ações como atrair, reter, reconhecer, motivar, reter e demitir. Não basta apenas deixar tudo nas costas do setor de recursos humanos.

Este será apenas um intermediário das relações do líder com seu(s) próprio(s) subordinado(s). Por isso que a qualificação e o conhecimento de gestão de pessoas vai muito além e nunca deve ser confundido com um curso de RH. Embora se associem, são ramos diferenciados e que administradores e empreendedores em geral precisam identificar.

É claro que, para quem trabalha com recursos humanos, fazer um curso de RH a distância e cursos online com certificado sobre esse e outro tema também é válido. O conhecimento serve para todos e o bom profissional será sempre aquele que se preocupa em se atualizar com as melhores tendências. Assim, dá para colocar em prática tudo que é próprio de cada ramo em si, promovendo uma real organização em toda a corporação.

Para que você entenda melhor, o Educamundo tem dois cursos online interessantes: o Curso Online Gestão de Pessoas, que já abordamos aqui, e o Curso Online Gestão de Recursos Humanos, um curso de RH a distância que trata exclusivamente dessa área e suas funções. Investindo nessas opções, você ficará por dentro de todas as características e peculiaridades de cada campo, com uma total compreensão de seus parâmetros.

gestão de pessoas

Pilares da gestão de pessoas

Como uma parte extremamente importante para empresas de pequeno, médio e grande porte, a gestão de pessoas possui alguns pilares que devem sempre ser considerados e trabalhados pelos líderes. São conceitos básicos que, se pensados estrategicamente e com boas ações, levam a resultados excelentes.

Motivação

Quando se pensa na essência do capital humano de uma empesa, logo vem à cabeça a motivação. Esse é um pilar importantíssimo e que pode levar um local tanto ao sucesso quanto ao limbo. No primeiro caso, tudo funciona quando se tem pessoas dispostas a fazer a diferença. Por outro lado, quando não há o mínimo de valor por parte dos líderes, o empenho e a qualidade caem consideravelmente.

Você já deve ter frequentado alguma loja ou lugar em que sentiu que um funcionário dava claros sinais de esgotamento, atendendo os clientes totalmente desmotivado e sem esforço. Muitos fatores podem levar a isso, porém já se observa a falha da empresa e seus responsáveis em não fazer essa identificação de forma correta. Por outro lado, você como cliente pode optar por nunca mais voltar à loja apenas por essa abordagem ruim. Acredite, muita gente faz isso. Para o local, claro, é algo péssimo e que, caso seja recorrente, acarreta em muitos prejuízos, como a má reputação para com o público e mercado em geral.

É importante ter em mente que o ânimo se torna instrumento de muitas ações que podem ser praticadas no dia a dia para que as pessoas se sintam bem em trabalhar na organização e sejam instigadas a melhorar sempre. Você pode fazer isso com recursos clássicos, como as metas estabelecidas por grupo ou individualmente, um plano de desenvolvimento com feedbacks frequentes, o reconhecimento por meio de benefícios – com foco na meritocracia -, a mudança de processos que otimizem o trabalho e promovam o bem-estar dos colaboradores, entre muitos outros.

Comunicação

Saber se comunicar bem com todos os perfis é uma virtude. Em uma empresa, há tipos de pessoas distintos e cada uma com suas peculiaridades, estilos e objetivos. Para que todos se mantenham motivados, é essencial ter um canal direto que todos possam fazer uso, dos administradores aos colaboradores.

Já ouviu falar que comunicação é tudo? Logo, em nenhuma corporação pode faltar recursos para o diálogo, quebrando aquelas velhas barreiras de hierarquia – como o temor de um funcionário da produção em se reportar para um gestor, por exemplo.

Para isso, dá para contar com a tecnologia como auxiliar (com softwares, sistemas de e-mail, aplicativos), promover palestras, reuniões frequentes entre setores, entre outras opções, pelo menos uma vez ao mês ou quando achar necessário.

Espírito de Equipe

Uma equipe pronta para vestir a camisa da empresa garante um ambiente de trabalho cada vez mais animador e motivador. Conflitos só servem para acabar com o bem-estar de muitos lugares, ainda mais quando é latente e envolve muita gente. O papel do líder e da gestão de pessoas, nesse caso, é fazer que a equipe esteja sempre integrada.

Para isso, não faltam ideias. Criar grupos, compartilhar tarefas, focar em reuniões e até em momentos de entretenimento são algumas alternativas interessantes. Além disso, o reconhecimento de cada setor e de suas funções deve ser recorrente, bem como a tão falada motivação, para que ninguém se sinta "um peixe fora d’água".

Conhecimento e qualificação

Tanto na gestão de recursos humanos quanto na gestão de pessoas, o conhecimento e a qualificação devem estar sempre bem estruturados. Um planejamento é fundamental para que todos possam se capacitar e atualizar sempre, promovendo reais mudanças na empresa. Mais do que nunca, tudo acontece e se transforma muito rápido.

É papel de um bom gestor garantir que o capital humano esteja sempre disposto a nunca se estagnar, e sim aperfeiçoar suas competências com frequência. E isso vale para todos os setores, seja fazendo cursos a distância – como um curso de RH para esse setor específico – e demais opções incríveis e direcionadas para cada campo (marketing, financeiro, produção, entre outros).

Ah, e você também pode promover sempre avaliações entre os colaboradores para saber quais estão se empenhando mais. Esse passo é primordial para uma boa gestão de pessoas, além da contratação de novos funcionários também, em parceria com o RH.

Os certificados do Educamundo podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Treinamento e desenvolvimento

Por fim, oferecer treinamentos e observar o desenvolvimento de cada pessoa/grupo em si se enquadra também como um pilar desse conceito, ações que devem ser feitas constantemente. Sabia que, desse modo, você consegue encontrar muitos talentos, algo que todo mundo busca em variadas corporações? Pois é. O problema de alguns CEO é criar barreiras e não abrir processos dinâmicos para isso, o que torna-se um erro a curto e longo prazo. As pessoas precisam se sentir à vontade para se desenvolver e, assim, levar seu melhor à organização.

Ainda mais nesses tempos de crise econômica no Brasil, encontrar um ou mais "tesouros" em sua própria equipe é totalmente satisfatório: assim, dá para lapidar, investir, valorizar e evitar todo o processo de procura por um profissional parecido no mercado de trabalho.

Nesse contexto, você pode oferecer bons treinamentos – seja com palestras, workshops e cursos a distância, com parceiros e instituições de qualidade, que podem ser contratados e adquiridos de forma simples e fácil. Motivar a equipe pra fazer cursos online com certificado, por exemplo, é um ótimo recurso para que eles aprendam, se atualizem e possam até pensar em progressão de carreira na corporação.

Quem deve aprender sobre gestão de pessoas?

Empreendedores, administradores, gestores em geral e qualquer pessoa interessada, seja ou não da área de recursos humanos ou administração. Ficar a par desse conceito é ótimo para agregar seu currículo e suas qualificações em geral, tanto para conseguir uma boa vaga quanto até para abrir seu próprio negócio.

Já pensou em assinar um portal que conta com diversos cursos online com certificado ideais para sua profissionalização? Seja um curso de RH a distância ou demais opções, o Educamundo possui cursos EAD em mais de vinte áreas diferentes. São centenas de alternativas que você pode acessar por um ano, investindo um valor único de R$ 69,90.

O Educamundo é um dos portais de cursos a distância que mais cresce no Brasil. Inscreva-se e tenha a sua disposição um ambiente virtual de aprendizagem dinâmico e intuitivo e um conteúdo preparado por uma equipe pedagógica direcionada e exclusiva. Escolha a melhor carga horária e conte com ótimos certificados para usar em diversas metas. Comece já.

Se tiver alguma dúvida, comente, e não se esqueça de compartilhar o artigo também. Até mais.